A Receita Federal já divulgou as novas regras para o IRPF 2021. Nesse texto, você vai conferir o piso de rendimento para realizar a declaração, as faixas de renda, alíquotas, prazo para declaração e todas as informações importantes sobre o tema. 

Continue conosco e confira mais detalhes abaixo:

Quais são as estimativas do governo para 2021?

Este ano, aproximadamente 32.619.749 declarações serão entregues dentro do prazo. Entre elas, 60% serão impostos a restituir, 21% a pagar ou restituir e 19% a pagar. 

Qual é o prazo para declaração do IRPF 2021?

O prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda de 2021 será de 1° de março a 30 de abril. As restituições, por sua vez, serão pagas a partir de maio. Já é possível acessar o sistema para declaração e preencher os seus dados.

Quem precisa declarar o IRPF 2021?

Primeiramente, a entrega da declaração do Imposto de Renda é obrigatória para toda pessoa residente no Brasil que esteja dentro das seguintes condições:

  • Teve lucros tributáveis sujeitos a ajustes na declaração, cuja soma foi superior a R$28.559,70
  • Recebeu rendimentos isentos e não tributáveis ou tributados diretamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$40.000,00
  • Teve, em algum mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos sujeitos à incidência do imposto ou realizou operações em bolsas de valores de mercadorias , de futuro e assemelhadas 

No caso de atividade rural:

  • Teve receita bruta superior a R$142.798,50
  • Tenha pretensão de compensar, ano ano base 2020 ou posteriores, prejuízos do ano-calendário anterior ou do próprio ano-calendário 2020
  • Teve, em 31 de dezembro, a posse ou propriedade de bens ou direitos 

Quem recebeu o auxílio emergencial precisa declarar o Imposto de Renda?

Segundo a Secretaria da Receita Federal, os beneficiários do auxílio emergencial são obrigados a declarar o Imposto de Renda. 

Porém, quem precisa prestar contas são aqueles que receberam este benefício somado a outros rendimentos tributáveis em valor anual superior a R$22.847,76.

Quais são as datas para restituição?

As restituições começam a ser pagas em:

  • 1° lote: 31 de maio 
  • 2° lote: 30 de junho 
  • 3³ lote: 30 de julho 
  • 4° lote: 31 de agosto 
  • 5° lote: 30 de setembro 

Como funciona a declaração pré-preenchida?

O próprio contribuinte pode entrar no sistema da Receita Federal e realizar sua declaração de IRPF 2021. 

Com isso, é possível acessar informações sobre atividades de serviços, despesas médicas e outros itens, além de preencher a declaração deste ano, juntamente com os dados dos anos anteriores, caso houverem.

O sistema foi criado com o intuito de facilitar o envio do documento. Mas, é preciso lembrar que é preciso completar a declaração com as informações adicionais e verificar as que já estão disponíveis, além de analisar os ajustes necessários. 

Sabemos que, por mais que a tecnologia ajude no nosso dia a dia, ainda pode ser complicado fazer a declaração do IRPF 2021 sozinho. Por isso, se precisar de ajuda, conte com o Grupo RN&V Consultoria. Entre em contato conosco e saiba mais sobre os nossos serviços!

Acesse nosso material abaixo e entre em contato conosco.

https://www.rnvconsultoria.com.br/wp-content/uploads/2020/01/Relação-de-Documentos-IRPF-2021.pdf